terça-feira, 8 de novembro de 2011

8 de Novembro - Quatro Santos Coroados (Mártires)

Basílica dos Santos Coroados - Roma
afresco do séc. XVI

Os quatros santos mártires coroados são: Castório, Cláudio, Nicóstrato e Sinfrônio; foram torturados e martirizados na Pannonia (hoje Hungria). Eram escultores em Sirmium (antiga Iugoslávia), e se recusaram a esculpir uma estátua pagã para o Imperador Diocleciano (243-305). Na Colina de Célio, em Roma, existe uma igreja dedicada aos  "Sancti Quatuor Coronati”, provavelmente construída no século sexto.
Teriam sido grandes escultores em pedra e trabalhavam juntos. Seu trabalho exibia um perfeito equilíbrio entre a pedra e o espaço, e o Imperador Diocleciano havia adquirido um certo número de trabalhos deles, aos quais admirava. Outros escultores, menos talentosos, com inveja, persuadiram Diocleciano a ordenar-lhes uma escultura de Aesculapius (Esculápio), deus da medicina e da cura, sabendo que eles, sendo cristãos, iriam recusar. Realmente, os escultores educadamente recusaram-se a esculpir a referida estátua. Foi-lhes, então, ordenado que oferecessem sacrifícios ao deus Sol, o que lhes era ainda menos aceitável.  Quando um oficial de Diocleciano, chamado Lampadius, que estava tentando convencer os escultores a oferecer os sacrifícios, morreu repentinamente, seus parentes culparam os quatro pela morte. Para aplacá-los Diocleciano ordenou que os escultores fossem amarrados vivos dentro de caixas de chumbo e jogados no rio, tendo-lhes, ainda, sido cravada no crânio uma coroa de pregos, daí o título “mártires coroados”.
Os corpos foram enterrados a três quilômetros de Roma. Mais tarde, o Papa Gregório Magno, um estudioso dos mártires, mencionou pela primeira vez na Igreja os "quatro mártires coroados", e o Papa Leão IV, em 841, trasladou suas relíquias para a igreja da Via Labicana. Posteriormente a igreja foi quase destruída pelo fogo, e o Papa Pascoal II a reconstruiu.
Gaspar de Crayer - 1870
heliogravura

Eles são venerados na Inglaterra, havendo uma capela a eles dedicada em Canterbury, erigida em 619. Os escultores em pedra da Idade Média tinham pelos quatro mártires uma especial veneração. São padroeiros dos escultores, dos trabalhadores em pedra e em mármore.
Nani di Banco
Orsanmichele, Florença

Nenhum comentário:

Postar um comentário